CONHEÇA MAIS O HOSPITAL SÃO MATEUS

Hospital São Mateus implanta cirurgias robóticas para aprimorar cuidados médicos

Avanço tem redefinido padrões cirúrgicos e representa marco significativo_ Em uma iniciativa inovadora, o Hospital São Mateus, em Cuiabá, anunciou a implementação de cirurgias robóticas, utilizando a mais recente tecnologia em sistemas cirúrgicos. Este avanço coloca o hospital na vanguarda da medicina moderna no Brasil, oferecendo procedimentos menos invasivos e com maior precisão. Cirurgias robóticas têm sido uma tendência crescente na medicina, trazendo benefícios como precisão aprimorada e recuperação mais rápida para os pacientes. De acordo com o urologista do hospital São Mateus, Dr Dalvâni Elias, a tecnologia é usada principalmente para abordar os casos oncológicos, como o câncer renal e de próstata. “Dentre os inúmeros benefícios aos pacientes, temos a redução do tamanho das incisões, menos dor pós operatória e consequentemente, menor uso de analgésicos, retorno precoce às atividades diárias, menor tempo de internação hospitalar, menor risco de infecção e diminuição da necessidade de transfusão sanguínea”, destaca o especialista, que atua há 20 anos em urologia minimamente invasiva com foco em cálculos renais e próstata. Com alta definição e tecnologia 3D, as imagens atingem mais de 10 vezes o tamanho na visualização, oferecendo melhor noção de profundidade, alto contraste das cores, inibindo os tremores humanos e trazendo uma grande comodidade ergonômica ao cirurgião. Com maior utilização nas áreas da urologia, ginecologia e cirurgia geral, além dos benefícios já citados, o Dr. Dalvâni Elias completa que, em relação ao câncer de próstata, a cirurgia robótica diminui significativamente a taxa de incontinência urinária e melhora muito o índice de manutenção da potência sexual após a retirada radical da próstata. “Já nas cirurgias para tumor renal, o robô possibilita a retirada de lesões maiores e mais profundas de dentro do rim, sendo possível preservar o órgão, o que vai ajudar muito estes pacientes, que geralmente são idosos”, pontua o profissional. Segundo o Dr Dalvâni Elias, na cirurgia robótica não é raro operar o paciente pela manhã e na visita ao final do dia encontrá-lo no corredor do hospital. “O objetivo é a satisfação do paciente e de seus familiares quando conseguimos vencer uma doença grave, e neste quesito o robô é um grande aliado. A cirurgia robótica veio para revolucionar a medicina, que já pode ser dividida em antes e depois do robô”, finaliza.

Obrigado por sua mensagem!

Em até 5 dias, entraremos em contato para continuar essa conversa.